O stress engorda?

O stress produz um aumento dos níveis de cortisol, transformando os triglicéridos em glicerol e ácidos gordos. Posteriormente, estes circulam pela corrente sanguínea, em grande quantidade, e são depositados nos diferentes órgãos, tais como, os rins, fígado, coração, músculo, entre outros, em forma de gordura visceral, que é a mais prejudicial, metabolicamente, para a nossa saúde.
– Os rins aumentam de volume, aumentando a tensão arterial;
– Ocorre catabolismo muscular com libertação de aminoácidos que, pela neoglicogénese, aumentam os níveis de glicose depositados no fígado;
– A nível do Sistema Nervoso, produz-se a hiperfagia, com aumento principal no consumo de alimentos doces.

Marque uma Consulta Onine >

Colesterol

O Colesterol é uma gordura fundamental para o funcionamento do organismo.
O seu estudo já deu origem a 11 prémios Nobel.
– Está presente em todas as paredes celulares;
– Auxilia na síntese endógena de Vitamina D;
– Reforça o Sistema Imunológico e Neurológico.
Para além destas funções, é imprescindível na produção de hormonas como o Cortisol, Aldosterona e também das hormonas sexuais, tais como, os estrogénios, a progesterona e a testosterona.
Desta forma, percebemos que o Colesterol é muito mais complexo do que a sua relação com as doenças cardiovasculares. A verdade é que o papel do Colesterol neste tipo de patologias, não é assim tão claro. Sabe-se que existem moléculas que promovem o seu transporte – as LDL – e que as gorduras trans e algumas saturadas aumentam o risco de doenças cardiovasculares e arteriosclerose.
Posto isto, é clara a importância positiva do Colesterol na nossa saúde, do qual 90% é produzido por nós, sem ter a ver com a alimentação.

Marque uma Consulta Onine >